09/09/2013 09:45

Ex-integrante da banda Charlie Brown Jr é encontrado morto em São Paulo


Champigon e sua esposa, em foto feita logo após a descoberta da gravidez

O ex-integrante da  banda Charlie Brown Jr, Luiz Carlos Leão Duarte Junior, o Champignon, foi encontrado morto em seu apartamento na zona sul de São Paulo, madrugada desta segunda-feira (9). O músico levou um tiro na boca seis meses após a morte do líder da banda, Chorão. A Polícia pretende trabalhar inicialmente com a hipótese de suicídio.

Os vizinhos chamaram a polícia após ouvirem um barulho de tiro por volta de meia noite. O baixista Champignon tinha 35 anos e era casado. A mulher do músico, grávida de cinco meses, foi levada para o hospital em estado de choque.

Recentemente, Champignon era vocalista da banda A Banca, ao lado de ex-integrantes da Charlie Brown Jr.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de suicídio. Vizinhos do músico ouviram um barulho de tiro vindo do apartamento de Champignon e chamaram a polícia. Ao chegarem ao local, os policiais e uma equipe do Samu encontraram o artista morto. O corpo do músico foi retirado do apartamento por funcionários do Instituto Médico-Legal (IML) pouco antes das 5h.

A esposa de Champignon, Cláudia, está grávida de 5 meses e estava no apartamento no momento do disparo. Após o corpo ter sido encontrado, ela foi levada para um hospital, em estado de choque.

“Ela falou que eles tinham acabado de chegar do restaurante. Ele se fechou no quarto, ela escutou o estampido, o barulho do tiro, e depois foi pedir ajuda para o vizinho”, disse o sargento da Polícia Militar Ronaldo Moreira. Segundo ele, foi encontrado sinal de apenas um disparo. O apartamento tem três quartos e o corpo foi encontrado no cômodo onde o músico guardava instrumentos musicais.

“Nós entramos (no apartamento) e tinha uns vizinhos lá dentro, mostraram para a gente o quarto, entramos e verificamos o Champignon no chão. Muito sangue. Uma arma na mão dele e achamos uma cápsula da arma e um projétil”, disse o sargento.

Trajetória

Champigon tinha 35 anos e nasceu em Santos, no litoral de São Paulo. O músico entrou no Charlie Brown Jr., em 1992, e tocou na banda até 2005, quando deixou temporariamente seu posto de baixista por causa de brigas com o vocalista Chorão.

Depois de alguns projetos paralelos, em 2011, Champignon retornou ao Charlie Brown, para uma reunião de quatro integrantes da formação original da banda: Marcão, Champignon, Chorão e Thiago Castanho, além do baterista Bruno Graveto, que passou a integrar o grupo em 2008.

Após a morte de Chorão, no dia 6 de março desse ano, os integrantes remanescentes do Charlie Brown Jr formaram a banda A Banca, que tinha Champignon como vocalista. A próxima apresentação do grupo seria no dia 21 de setembro, em Recife, em um show em tributo a Chorão e a toda trajetória d o CBJR.

CHORÃO – Esse ano, a banda já havia passado por uma tragédia. O cantor Chorão, que completaria 43 anos no dia 9 de abril, foi encontrado morto, pelo seu motorista, no dia 6 de março passado

Alexandre Magno Abrão, o Chorão,  era cantor, compositor, cineasta e empresário. Formava a banda Charlie Brown Jr, da qual foi um dos fundadores em 1992. O apelido do músico surgiu quando os amigos que sabiam andar de skate diziam para ele em tom de zombaria: "não chora!”, uma vez que Chorão ainda não sabia andar.

O líder da Charlie Brown Jr parou de estudar na sétima série e lançou, com a banda, dez discos que venderam mais de cinco milhões de unidades. Além disso, foi vendedor de cartões de natal, auxiliar de câmera, caboman, iluminador e entregador dos pastéis que sua mãe fazia. O laudo da Polícia concluiu que Lobão morreu por overdose de cocaína. 

—————

Voltar